Quinta-feira, Julho 25, 2024
InícioMancheteSegurança do Piauí identificou mensagens de estímulo a invasão do Karnak

Segurança do Piauí identificou mensagens de estímulo a invasão do Karnak

O secretário de Segurança Pública do Piauí, Chico Lucas, afirmou nesta segunda-feira, 16, que gabinete de crise instalado pelo Governo do Piauí está monitorando as ações de grupos e pessoas envolvidas em atos antidemocráticos. 

Ele explicou que não conseguiu localizar ônibus partindo para Brasília e o que houve foi uma chamada, mas não houve uma comitiva. “Estamos localizando piauienses e já houve alguns identificados, a exemplo de uma pessoa do Dirceu Arcoverde. Temos recebido muitas denúncias  e na varredura identificamos muitas fake News”, diz, declarando que chegaram denúncias e também mensagens de pessoas estimulando a invasão ao Palácio de Karnak. 

“Encaminhamos para abertura de processo e para inquérito policial e essas pessoas es~tao sendo convocadas”, diz, enfatizando que todas as redes sociais da extrema direita são monitoradas.

Uso da tecnologia

Ele ressalta que não tinha plano de invasão ao Karnak. Na verdade, segundo o secretário, eram pessoas agressivas que compararam a invasão ao Planalto e fizeram fizeram comentários nas redes. “Então se há comentário na rede social dessa natureza, as forças de Segurança não podem minimizar ou relaxar. Dessa forma, a pessoa é convocada para dar explicações e se houver, de fato, algum plano, ela será responsabilizada.

Chico Lucas ressalta que a Segurança recebe denúncias, principalmente, de desinformação e estímulos a ataques. “Elas são enviadas para as Corregedorias das Polícias Militar e Civil para abertura de Processo Administrativo Disciplinar (PAD)”, disse.

Todo o monitoramento é feito com uso da tecnologia. “Estamos criando ferramentas onde todas as informações e comentários de natureza violenta são consolidados”, explica, citando que em caso de envolvimento de servidores públicos eles serão responsabilizados administrativamente pelas corregedorias.

“Estamos monitorando e não aceitaremos que aqueles atos terroristas ocorram aqui. Temos a inteligência trabalhando em grupos de whatssap e o monitoramento do Instagram, Facebook das páginas da extrema direita”, diz.

Nova sede

Chico Lucas informou que a Secretaria de Segurança vai mudar para um novo edifício, com mais espaço para e acessibilidade à população onde haverá concentração e ampliação dos serviços, principalmente na questão de inteligência, com  aparato tecnológico para atendimento de roubo de celular. “Queremos facilitar o acesso ao cidadão”, disse.

Operação

O secretário Chico Lucas afirmou que as operações de segurança serão realizadas todos os finais de semana em Teresina e outras cidades e informou que os atuais policiais que fazem o curso de formação na Acadepol, em torno de mil, devem fazer parte da Polícia Militar provavelmente entre os meses de maio e junho. 

“São mil soldados e depois serão convocados mais 500 ainda em 2023. Então neste ano serão 1.500 novos soldados nas ruas e ficam faltando 2.500 para cumprir a meta estipulada no Plano de Governo”, diz, enfatizando que este número aumenta em 80% o número de efetivo e por outro lado, além da contratação, há investimento na infraestrutura, como viaturas e armamentos.

Stay Connected
16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Must Read
Related News