Sexta-feira, Julho 19, 2024
InícioMancheteRafael Fonteles apresenta o maior Plano de Desenvolvimento Econômico

Rafael Fonteles apresenta o maior Plano de Desenvolvimento Econômico

Na reunião com empresários na Federação das Indústrias do Piauí (FIEPI), realizada nesta segunda-feira, 30, apresentou aos industriais do Piauí, a convite do presidente da FIEPI, José Filho, o governador Rafael Fonteles apresentou as propostas para o desenvolvimento industrial do estado, como a infraestrutura, a qualificação da mão de obra. “Também estamos aqui para ouvir as propostas e ideias dos industriais. Acredito que trabalhando juntos vamos fazer o maior desenvolvimento econômico da história do nosso estado”, disse.

Fonteles destacou a revitalização do Piauí para a exportação por meio do Porto de Luís Correia, a ligação da região dos Cerrados com o Norte do Estado. “A localização estratégica do Piauí ser um verdadeiro entreposto comercial entre o leste e o oeste. Estou feliz e confiante que os empresários serão grandes parceiros nesse projeto de desenvolvimento econômico”, disse.

Fonteles ressaltou a importância de caminhar junto com a iniciativa privada para alcançar a meta ousada de 80 mil novas vagas de emprego e lançou o Plano de Desenvolvimento Econômico – Piauí 2026, com abrangência dos setores de tecnologia, agronegócio e sustentabilidade (Piauí Tech. Piauí Agro. Piauí Verde).
Trata-se do maior projeto de desenvolvimento econômico da história, que envolve o anel rodoviário da soja, hidrovia Parnaíba e Terminais Hidroviários, Ferrovia, Porto de Luís Correia, Parques Empresariais, ZPE e Distritos de Inovação.

O projeto visa o incremento de competitividade do polo de grãos brasileiro em razão da posição estratégica, interconexão com os terminais portuários de Itaqui, Pecém e Porto de Luís Correia, redução da degradação ambiental e recuperação aliada a preservação das margens dos rios.
O plano envolve a construção de 4 terminais hidroviários na hidrovia do Rio Parnaíba, sendo um multimodal em Teresina e três terminais de grãos, que estarão localizados nas cidades de Ribeiro Gonçalves, Uruçuí e Santa Filomena.

Na entrevista, o governador disse que para atrair empreendedores o que se trabalha é a questão da infraestrutura logística, de portos, de ferrovias, de hidrovias, linhas de transmissão, subestação de energia e rodovias ligando parques industriais, além da qualificação da mão de obra.

Para o governador, a parceria com o Sistema Fiepi e o Sistema S, de forma geral, é salutar. “Vamos caminhar na mesma direção, de gerar infraestrutura culminando com os investimentos privados, ou seja, gerar infraestrutura que já tem a demanda do setor privado. Não adianta criar demanda que não existe”, disse.
Fiepi

Segundo o presidente da FIEPI, Zé Filho, a reunião foi uma oportunidade de abertura de diálogo, onde o governador apresentou seus projetos para o desenvolvimento da indústria e também ouviu algumas propostas apresentadas por representantes dos segmentos produtivos.

“O momento para conhecer as propostas do governador é muito oportuno. Da nossa parte queremos contribuir naquilo que vai ajudar no desenvolvimento econômico do Piauí. É uma aproximação necessária porque a indústria e os empresários geram empregos e é isso que queremos alinhar cada vez mais com o governo do Piauí”, explica o presidente da FIEPI, Zé Filho.

Stay Connected
16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Must Read
Related News