Quinta-feira, Abril 25, 2024
InícioNotíciasHaddad deve demitir servidor da Receita que acessou dados sigilosos de adversários...

Haddad deve demitir servidor da Receita que acessou dados sigilosos de adversários de Bolsonaro

Interlocutores da Receita Federal informaram à CNN que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, estaria convencido de que é necessário demitir o servidor que acessou e copiou dados fiscais sigilosos de adversários do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Embora convencido de que Ricardo Pereira Feitosa não pode mais continuar na Receita, Haddad pontuou que não tomará qualquer decisão de maneira açodada e que respeitará o rito legal do processo.

Foto:Reprodução

O servidor de carreira Ricardo Pereira Feitosa atuou como chefe da inteligência da Receita na gestão passada. A demissão é recomendada após uma sindicância interna concluir que Feitosa acessou e copiou dados sigilosos fiscais.

A informação foi inicialmente revelada pela Folha de S. Paulo e confirmada com fontes do governo pela CNN.

Em nota divulgada nesta quarta-feira, a Receita diz que, “em reunião realizada em 03/01/2023, houve relato de fatos e eventos que podem, em tese, configurar ilícito a ser devidamente apurado”. Segundo o órgão, o relato foi registrado em ata da reunião.

A Receita nega, porém, que “houve qualquer pressão do atual comando da Receita Federal para renúncia do mandato do Corregedor”, e que “não consta tampouco qualquer juízo quantos aos fatos e eventos relatados”.

“A ata foi enviada para a Corregedoria do Ministério da Fazenda, e é, por ora, sigilosa por conter fatos que podem vir a integrar procedimento correcional”.

Fonte: CNN

Stay Connected
16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Must Read
Related News