Domingo, Abril 21, 2024
InícioNotíciasDIA DE CHURRASCO NA ROÇA

DIA DE CHURRASCO NA ROÇA

Textos da Semana.

às 11:00

Foto: Reprodução

O sol tá seco e sapecado de quente, estou na vastidão do quintal da casa da minha sogra. Ouço o latido do cachorrinho do vizinho, amarrado à cerca, pelo pescoço. As mulheres tomam cerveja e soltam gargalhadas, não sei sobre o que tanto falam. O peixe, a carne e a picanha estão ao fogo e a mesa cheia de copos com cerveja, talheres, pratos, pano de prato e copos com restos de refrigerante quente. Elas falam, gritam e sorriem, mas ninguém entende nada; só elas mesmas se entendem. A criançada está bolando pelo chão com a barriga cheia de alegria, de carne, de refrigerante e de felicidade. É galinha, é cachorro, é pato, é gato… Comendo as migalhas que caem da mesa ao chão. O sol chega, elas mudam o cenário de lugar, pois o calor vai obrigando as cadeiras se moverem. Parece um balé, um baile, uma dança. O som por cima. Os meninos correm, gritam e bolam pelo chão. O cão late, corre pelo quintal e levanta poeira. Ninguém se entende. A galinha sobe à mesa, derruba os pratos e os restos de carne fria que ficou pelo pratos. A noite anuncia sua chegada em seu manto escuro e sórdido e as galinhas, carcarejando, começam a subir na goiabeira procurando, cada uma, se acomodar em seu galho. O galo, imponente, vai passando e tirando do caminho quem não lhe abrir passagem. As mulheres parecem ser feitas de aço, continuam com todo pique do começo da farra; elas falam, gritam, dançam, e levantam poeira. Algumas já abandonaram as sandálias e têm os pés pretos de terra de preta. O som, estridente, por cima. Os celulares vão descarregando e elas permutando. O importante é não deixar parar. Sem intervalo.

Stay Connected
16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Must Read
Related News