Quarta-feira, Maio 22, 2024
InícioCidadesPrefeitura de Teresina inaugura Casa da Mulher Brasileira na zona Norte

Prefeitura de Teresina inaugura Casa da Mulher Brasileira na zona Norte

A Prefeitura Municipal de Teresina, por meio do programa “Mulher Viver Sem Violência”, do Ministério das Mulheres, inaugurou nesta sexta-feira (08) a Casa da Mulher Brasileira (CMB).

A ação é uma realização da Prefeitura de Teresina, com recursos federais, na ordem de R$ 5,4 milhões, com a administração e execução pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) e pela Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas Centro (Saad Centro).

Descerramento da placa da Casa da Mulher Brasileira em Teresina / fotos: Lucas Dias – Semcom

Sob a liderança do Prefeito de Teresina, José Pessoa Leal – Dr. Pessoa, a Casa da Mulher Brasileira em Teresina representa um passo significativo em direção a um futuro onde a violência de gênero não tem lugar. Este projeto inovador oferece um modelo de atendimento humanizado e integrado, proporcionando serviços jurídicos, psicológicos, de saúde, apoio à empregabilidade, além de acolhimento temporário, tudo em um único local.

A CMB conta com 3,6 mil metros e fica localizada na Avenida Roraima, 2563, Aeroporto. O local funcionará 24 horas por dia, incluindo fins de semana, com diferentes serviços especializados que atendem aos mais diversos tipos de violência contra as mulheres, oferecendo atendimento integral e humanizado para as mulheres em situação de violência.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, comemora a inauguração da CMB em uma data tão especial.

“Hoje é o Dia Internacional da Mulher, que tanto lutou para que houvesse mais igualdade e respeito. Nessa data tão especial, estamos inaugurando a Casa da Mulher Brasileira em Teresina. O poder executivo, legislativo e judiciário juntos para cuidar da mulher, se não trabalharmos integrados, não vai para a frente. Nós compramos o terreno e a prefeitura caminhou junto do governo federal para que esse momento acontecesse”, cita.

Prefeito de Teresina e a secretária de Políticas para as Mulheres de Teresina, Karla Berger / fotos: Lucas Dias – Semcom

A secretária de Políticas para as Mulheres de Teresina, Karla Berger, destaca a atuação da Prefeitura Municipal de Teresina no combate à violência contra a mulher com a construção dessa obra.

“Eu já fui vítima da violência doméstica na minha juventude e eu achava naquela época que tinha que viver naquela situação, já que não existiam políticas públicas para aquilo e hoje a história é outra. Hoje a gente ajuda e acolhe. Conseguimos com o prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, o recurso que nós precisávamos para adquirir esse terreno que era avaliado em quatro milhões. O nosso gestor municipal que sempre deu prioridade para as mulheres adquiriu esse local e nós, com o recurso do Ministério das Mulheres e junto da Saad Centro, construímos essa casa, porque a política da mulher sempre foi a prioridade nessa gestão”, afirma.

O superintendente da Saad Centro, Roncalli Filho, fala da importância dessa obra. “Hoje é um dia histórico para Teresina, dia internacional da mulher e Teresina recebe a primeira Casa da Mulher Brasileira tipo dois do Brasil. Um importante equipamento que vai atender as mulheres em situação de violência doméstica. São mil e quinhentos metros quadrados de área construída, dividida em oito setores. Hoje, Teresina larga na frente de várias capitais”, conclui.

A Casa da Mulher conta com espaços adaptados para crianças, incluindo brinquedoteca e fraldário. A iniciativa considera a condição de vulnerabilidade em que muitas mulheres se encontram, no cuidado solitário de seus filhos. A Casa também oferece um alojamento de passagem, para abrigo de mulheres em situação de violência, acompanhadas ou não de seus filhos, que corram risco iminente de morte, por até 48 horas.

Além do acolhimento, a CMB disponibiliza apoio psicossocial, atendimento da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAMs), Juizados Especiais, Ministério Público e Defensoria Pública. Há ainda ações voltadas para a promoção de autonomia e emancipação econômica.

Stay Connected
16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Must Read
Related News