Sexta-feira, Julho 19, 2024
InícioETURB retoma audiências que tratam sobre a regularização fundiária em Teresina

ETURB retoma audiências que tratam sobre a regularização fundiária em Teresina

A Prefeitura de Teresina, por meio da Eturb (Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano) e da Coordenação Municipal de Regularização Fundiária (CMRF), realizou, nesta quinta-feira (7), Audiência Pública com os moradores do residencial Betinho, zona Sul da capital.

A audiência faz parte das ações do Regilariza THE, programa da CMRF, que objetiva acelerar a titulação de propriedades que se encontram em situação de irregularidade em Teresina e sua zona Rural.

“A audiência foi um sucesso, a comunidade participou, entendeu nosso trabalho, entendeu que a gente vai dar continuidade ao que já havia sido começado, que tinha sido impedido por conta da pandemia. O pessoal acolheu bem a nossa proposta, e a partir da próxima semana, vamos iniciar o levantamento social, que é a atualização cadastral das famílias, e a partir disso, vamos dar continuidade às próximas etapas do processo de regularização. Então, ficaram muito felizes com a receptividade da equipe e do nosso presidente da ETURB, o João Pessoinha”, afirmou Camila Rosal, coordenadora da Regularização Fundiária da Eturb.

Durante o encontro, foram esclarecidas as próximas etapas do plano de continuidade do processo de regularização fundiária na localidade (atualização cadastral e levantamento topográfico). A previsão é que mais de 500 famílias no residencial sejam beneficiadas com os seus registros de imóveis.

“São mais de 500 famílias que serão beneficiadas com essa questão da regularização fundiária aqui na nossa comunidade. Há bastante tempo esperamos por essa documentação uma das principais reinvindicações da comunidade”, disse presidente da Associação de Moradores do Residencial Betinho, James Miranda.

Luiz Ferreira dos Santos, morador da residencial, destaca a importância da titulação principalmente para a segurança da família.

“É muito importante frisar a questão da segurança da nossa terra. Essa titulação vai beneficiar muitas pessoas e ainda mais nos deixar mais tranquilos em relação a nossa terra”, falou o morador.

Ainda no encontro, foi apresentada para a comunidade, a equipe que vai fazer esse que cadastro, esse levantamento social.

“A equipe que vai realizar o cadastro, o levantamento social, foi apresentada a comunidade para facilitar esse acesso. Com a identificação, a gente explicou que eles vão com a identificação de fardamento e crachá para que não tenha problema na hora do repasse das informações. Foi um sucesso e ficamos muito felizes. A partir da próxima semana, vamos trabalhar para avançar o quanto antes e concluir esse processo. O que estiver ao nosso alcance à gente vai fazer para dar a celeridade”, concluiu Camila Rosal.

Fotos: Ascom Eturb

Stay Connected
16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Must Read
Related News