Vereadores de Timon tem vitória parcial em julgamento que pede a cassação deles

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão começou nesta segunda-feira, dia 22, a julgar o pedido de cassação dos vereadores de Timon, Irmão Francisco e Helber Guimarães, ambos eleitos no ano passado pelo partido Republicanos e que estão com pedido de cassação sob acusação da sigla não ter cumprido a cota partidária feminina, como exige a Lei Eleitoral.

O julgamento não chegou ao seu final, pois foi pedido adiamento para o próximo dia 29, entretanto, muitos entendem que os dois vereadores de Timon obtiveram uma vitória parcial importante, pois o parecer da relatora , Anna Graziela, apontou pela improcedência do pedido de cassação.

No entender da relatora, o Republicanos não deu a entender com provas robustas que teve o interesse em burlar a Lei Eleitoral, pois apresentou o número de candidatas necessárias e as mesmas foram vistas em atividades de campanha fazendo reuniões ou participando de atos do pleito eleitoral de 2020.

Com a relatora, mas dois integrantes do TRE votaram a favor do improcedência da ação.

Integram a banca de advogados dos dois vereadores de Timon , Bertoldo Rêgo, Aidil Carvalho, Eduardo Gomes, Rêgo Carvalho Gomes e Lorena Pereira, esta última que fez a sustentação na defesa na  sessão desta segunda (22).

FONTE: ELIAS LACERDA