Vice-prefeito de Teresina (Foto: Ricardo Morais/ OitoMeia)

O prefeito de Teresina, Dr Pessoa (MDB) está com reunião marcada com empresários do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (Setut) para tratar sobre o transporte público da capital. A informação foi confirmada pelo secretário de Finanças, Robert Rios (PSB), nesta segunda-feira (09/08).

Na reunião, o prefeito e os empresários vão discutir sobre um possível novo acordo para o transporte público de Teresina.

Conforme informações apuradas pela coluna, o encontro com o chefe do Executivo foi solicitada pelo o vice-presidente do Setut, Marcelino Lopes, acompanhado de mais dois empresários. Ao aceitar o pedido de interlocução, Dr. Pessoa ponderou que  “A Prefeitura não tem portas fechadas para ninguém”.

“Hoje mesmo estou a agenda do Dr Pessoa para colocá-los. Se tiver um acordo, ótimo. Quem não quer um acordo? Só não pode ser como aquele que funcionava no ano passado. A Prefeitura colocando caminhões de dinheiro no bolso de empresário e no setor privado. Esse acordo não vai ter”, avaliou Robert Rios.

Como solução para a crise no transporte, existem duas possibilidades defendidas no corredores da Câmara, onde corre uma CPI do transporte: alterações no contrato entre o Poder Municipal e empresas ou o rompimento do contrato por meio da Justiça.  Caso haja consenso entre as partes, um acordo poderia evitar a judicialização e que o problema no sistema de ônibus se estenda. A situação é desconfortável tanto para para os empresários, que reclamam da falta de repasses, como também para Prefeitura que enfrenta críticas pela falta de uma solução para situação instalada.

DR. PESSOA AGUARDA CPI

Prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB) (Foto: Ricardo Morais/ OitoMeia)

Questionado pelo OitoMeia, Dr. Pessoa pontuou que aguardará pelos encaminhamentos do relatório produzindo pela CPI na Câmara, mas evitou estipular um prazo para aplicação das soluções.

“Quando o Poder Legislativo entregar o relatório darei a resposta”, disse. “O desejo do Prefeito é a concessão que ai está, é trazer de volta essa condução do transporte público de Teresina”, acrescentou.

FONTE: OITOMEIA