TRE acaba de julgar o pedido de cassação dos vereadores de Timon

Acima à esquerda, Helber Guimarães e Irmão Francisco (de óculos)

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão julgou na manhã desta segunda-feira (29) o processo que pede a cassação dos vereadores eleitos de Timon, Irmão Francisco e Helber Guimarães, do Republicanos. A ação é resultado da acusação de que o partido não cumpriu a cota feminina estabelecida na Lei Eleitoral.

O julgamento de hoje é a continuidade da sessão do último dia 22 onde os vereadores já tinham ganho os votos da relatora e outro membro da corte a favor deles e contra a cassação.

Hoje,  cinco integrantes da corte votaram dando continuidade a sessão iniciada no dia 22.

O TRE entendeu que não foi possível provar que o partido Republicanos agiu de má fé ou praticou fraude na elaboração das candidatas femininas nas eleições do ano passado, como processo denunciou na ação (saiba mais clicando aqui).

O processo de cassação dos vereadores Irmão Francisco e Helber Guimarães terminou não recebeu um voto pela cassação dos mandatos deles, ou seja, os parlamentares foram absolvidos do pedido de cassação com votação  unânime dos integrantes da corte do TRE Maranhão.

Caso os dois vereadores fossem cassados a ação judicial favoreceria os suplentes Edison Capiau, do PL, e Francisco Torres, do PC do B, que assumiriam no lugar dos mesmos.

ELIAS LACERDA