Desembargador decreta suspensão da greve dos médicos.

O desembargador Oton Mário José Lustosa Torres acatou o Dissidio Coletivo de Greve ajuizado pela Fundação Municipal de Saúde contra o Sindicato dos Médicos do Piauí para suspender a realização de paralisação programada para hoje. De acordo com a decisão, os profissionais têm até 60 minutos após a ciência para o retorno normal das atividades, sob pena de pagamento de multa no valor de 20 mil reais em caso de descumprimento. 
A justificativa apresentada pela FMS é a de que a realização de uma paralisação pelos médicos agrava substancialmente a prestação do serviço público de saúde em Teresina e no Piauí como um todo, uma vez que a pandemia de Covid-19 ainda não foi erradicada.

Downloads