Conselho Pleno define Lista Sêxtupla para vaga de Desembargador(a) do TJ-PI

Concluindo mais uma etapa do processo de escolha do Quinto Constitucional do TJ- PI, foram escolhidos, através de votação, os(as) Advogados(as) Alessandro Lopes (33 votos), Agrimar Rodrigues e José Wilson de Araújo (29 votos), Francisco Campelo Filho (24 votos), Reginaldo Miranda (23 votos) e Hildeth Leal Evangelista Nunes (21) para compor a Lista Sêxtupla. A arguição e escolha dos(as) candidatos(as) aconteceu durante Sessão Ordinária do Conselho Pleno da OAB Piauí, nesta quinta-feira (25).

Durante a Sessão, o Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho, ressaltou a importância da celeridade do processo de escolha , realizado por meio de votação democrática junto à Advocacia Piauiense. “Esse processo na Seccional se finda agora, com os seis nomes definidos através da votação no Conselho Pleno. Todos os 12 Advogados(as) estavam aptos, possuíam capacidade, competência e legitimidade para assumir o cardo de Desembargador e trabalhar em prol da Advocacia”, declarou o Presidente.

No momento da arguição, conduzida pelos(as) membros(as) da Comissão Eleitoral, discorreram sobre o papel do ocupante da vaga do Quinto Constitucional, entre outros temas, os candidatos: José Wilson Ferreira de Araújo Júnior,  Alessandro dos Santos Lopes, Agrimar Rodrigues de Araújo,  Francisco Soares Campelo Filho, Juliano de Oliveira Leonel, 6º Fábio Leal da Silva Viana, Francisca Hildeth Leal Evangelista Nunes, José Gonzaga Carneiro, Cláudia Paranaguá de Carvalho Drumond, Reginaldo Miranda Da Silva, Maria do Amparo Rodrigues Lima e Alexandre Pacheco Lopes Filho.

Conselheiros e Conselheiras titulares e suplentes convocados e os Membros Honorários(as) Vitalícios(as) Reginaldo Furtado, Fides Angelica, Deusdedit Sousa e Luiz Gonzaga Viana, puderam acompanhar a apresentação dos candidatos de forma híbrida. Após a arguição, deu-se início à formação da Lista Sêxtupla, mediante votação secreta e presencial, elegendo os seis candidatos.

De acordo com o Presidente da Comissão Eleitoral, Antônio Wilson, o processo segue agora no Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI). “Em até dois dias, o Presidente do Conselho, Celso Barros Coelho Neto, remeterá ao TJ-PI a Lista Sêxtupla, para que os(as) Desembargadores(as) escolham três Advogados (as) para concorrer à vaga”, explicou.

Após a decisão no TJ-PI, caberá ao Governador do Estado, Wellington Dias, definir quem ocupará o cargo como novo(a) Desembargador(a).

FONTE: OABPÍ