Acusado de assaltar delegado Antônio Valente é solto em audiência de custódia

Acusado de assaltar delegado Antônio Valente é solto pela justiça em Teresina (Foto: Divulgação)

A juíza de Direito da Central de Inquéritos de Teresina, Cassia Lage de Macedo concedeu liberdade provisória para José Bruno de Morais, um dos acusados de assaltar o delegado Antonio Valente , da Divisão de Homicídios de Timon. Eles foram presos na última segunda feira (30), no bairro Cristo Rei, na zona Sul de Teresina. A decisão foi assinada no dia 31 de agosto.

Na ocasião, os dois acusados do crime, José Bruno e José Armando Alves da Silva Sousa roubaram a arma do delegado. Segundo a Justiça, eles também teriam assaltado outra pessoa momentos depois.


Na decisão que o Portal AZ , a magistrada converteu em preventiva a prisão de José Armando Alves, que em seu depoimento confessou a autoria dos dois crimes. Segundo José Armando, no assalto sofrido pelo delegado Antônio Valente, ele “encontrou uma arma na cintura de um senhor e “por questão de sobrevivência”, subtraiu a arma da vítima”.


O assalto em que José Armando teria levado a arma do delegado aconteceu logo antes deles assaltarem outra vítima. Nesse roubo eles levaram a motocicleta de um homem.


Entenda o caso
O delegado Antônio Valente, da Divisão de Homicídios de Timon, foi assaltado e teve a arma levada por dois suspeitos, na noite do dia 30 de agosto no bairro Cristo Rei, na zona Sul de Teresina. Toda ação foi flagrada por câmeras de segurança do comercio onde ocorreu o crime.

Crime aconteceu no dia 30 de agosto desse ano. A arma do delegado Antônio Valente foi
levada na ocasião (Foto: Divulgação)

Segundo informações da polícia, os suspeitos chegaram a pé, anunciaram o assalto e na fuga roubaram uma motocicleta. Os homens foram abordados pelo Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE) na Avenida Maranhão, horas depois do crime. Com eles a polícia apreendeu um revólver cal 38, com 05 munições que pertencem ao delegado e a motocicleta roubada.

FONTE: PORTALAZ