Sinduscon Teresina reforça a importância da segurança nos canteiros de obras

O setor da construção civil, principalmente no cenário de pandemia, tem reforçado e impulsionado uma série de medidas que visam a segurança dos trabalhadores em campo e, consequentemente, da população. Ampliar a discussão sobre a prevenção de acidentes nos canteiros de obras, por exemplo, é uma das principais bandeiras defendidas pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon Teresina), que atua arduamente há mais de três décadas em prol da qualidade de vida, bem-estar e desenvolvimento econômico do estado, contribuindo ativamente com o PIB local.

Para preservar a segurança, as empresas devem sempre disponibilizar aos funcionários Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como luvas, capacete e botas reforçadas. Além disso, é preciso garantir os Equipamentos de Proteção Coletiva, como plataformas de segurança, guarda-corpo e telas de proteção. “Tanto para as empresas quanto para os colaboradores, essas são práticas intrínsecas à rotina de trabalho. É preciso manter essa consciência coletiva de segurança para que possamos preservar a vida e, dentro disso, alavancar o nosso estado no que diz respeito à economia e geração de emprego”, destaca Guilherme Fortes, presidente do Sinduscon Teresina.

Importante salientar que a segurança deve sempre vir dos dois lados: os empresários fornecendo todo o equipamento indispensável para uma rotina segurança (e fiscalizando) e, na mesma medida, os colaboradores precisam se manter atentos à necessidade da utilização de todos os EPIs. “Isso é o básico, mas fundamental para preservar vidas. Quando falamos de construção civil, estamos abarcando diversos setores interligados que buscam promover bem-estar social, moradia digna, educação e projeção de oportunidades. É por isso que reforçamos cotidianamente o tema segurança na construção”, reitera Guilherme.

Portanto, é necessário sempre deixar os canteiros de obra organizados, verificar todos os equipamentos elétricos para coibir choques, avaliar sempre a qualidade das ferramentas após um período prologando de uso (trocando sempre que necessário). Essas são algumas dicas para tornar a construção civil um ambiente de trabalho cada vez mais seguro.