Prefeitura de Teresina quer assumir controle do sistema de bilhetagem e tirar do Setut

DIRETO DA CÂMARA DE TERESINA – 

A Prefeitura de Teresina passará a ter o controle da bilhetagem do sistema de ônibus coletivo da capital. A informação foi repassada à colunista, nesta quarta-feira (04), por membro do Legislativo alinhado à gestão do prefeito Dr. Pessoa (MDB). A medida deve estar entre as propostas do relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que corre na Câmara.

Segundo fonte ouvida pela coluna, atualmente, essa fiscalização é realizada pelos próprios empresários que compõe o Setut. Inclusive, supostas irregularidades no sistema de bilhetagem foram alvo de denúncias durante depoimentos da inquérito parlamentar.

Procurando pelo OitoMeia, o líder do prefeito Renato Berger (PSD), defendeu que devem haver alterações no contrato entre o Poder Municipal e empresas ou o rompimento do contrato por meio da Justiça.

“Se for necessário vai ser rompido o contrato, porque o foco maior é a população. Estamos empenhados nisso. Acredito eu, pelo que venho conversando com membros da CPI, que algumas modificações terão que ser feitas ou o contrato terá que ser rompido judicialmente”, frisou.

FONTE: OITOMEIA