Investigação tenta descobrir quem matou cerca de dez capivaras a tiros em Timon

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Timon está investigando quem foi que matou cerca de dez  capivaras a tiros nas margens do rio Parnaíba, próximo a Ponte Metálica, no território timonense.

O fato aconteceu dias atrás e a administração municipal chegou ao fato através de uma denúncia anônima feita pelo WhatsApp ao Ouvidor do Município, Danilo Assunção e ao Secretário de Limpeza, Carlos Zangirolani.

Os dois funcionários públicos foram ao local indicado através da denúncia e constataram o crime. Eles encontraram várias capivaras mortas a tiros. Mortas há alguns dias, algumas delas estavam em putrefação e até dentro de uma poça de água do rio tinha capivara morta.

Moradores da região que fica às margens do rio logo após a Ponte Metálica, na zona norte da cidade, relataram ter ouvido vários disparos de arma de fogo durante a noite em que os animais foram mortos.

O caso foi entregue a fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente que está investigando o fato e já tem um suspeito de ter praticado o crime.

Capivaras são animais silvestres e recebem a proteção da Lei de Crimes Ambientais. Quem matar, perseguir ou maltratar esses animais pode pegar de um ano a seis meses de detenção.

FONTE: ELIAS LACERDA