Francisco Limma destaca a entrega de títulos de terra no Assentamento Santa Cruz I

O deputado estadual Francisco Limma (PT) destacou, na sessão plenária desta terça-feira (24), na Assembleia Legislativa (Alepi), que na tarde da próxima sexta-feira (27), haverá a entrega de 140 títulos de terra no Assentamento Santa Cruz I. Estarão presentes o presidente do Instituto de Terras do Piauí (Interpi), Chico Lucas, e a vice-governadora Regina Sousa (PT).

Foram adquiridos 5.575 hectares pelo Estado para assentamento, com o Interpi fazendo a titulação definitiva da propeidade dos imóveis. Segundo o parlamentar, são mais de 600 famílias que residem na localidade. Com a criação desse espaço, as famílias “passaram a ter paz, terra, energia, água, casas e outras estruturas, como escolas e postos de saúde”, explica o deputado.

Francisco Limma, lembrando da luta da Igreja Católica e recordando a agressão sofrida pelo padre Ladislau da Silva ao defender as terras, agradeceu à Comissão Pastoral da Terra (CPT), às entidades civis, ao movimento sindical, às pastorais sociais da Igreja Católica e às demais entidades que ajudaram as famílias nessa luta.

O trabalho feito pelo Interpi foi comemorado pelo parlamentar, dizendo que em 2017 o Instituto realizou Ações Discriminatórias em 50.865 hectares e no ano de 2020 já foi sobre 1.387.582 hectares. “Isso tem uma importância muito grande, pois a regularização das áreas permite que mais famílias tenham segurança jurídica, acesso a crédito e melhores condições de produzir”, destacou Limma.

“O Piauí avançou, a nossa lei, elaborada pelo conjunto da sociedade, representada e coordenada pelo Interpi, pela Corregedoria de Justiça e com a participação ativa e efetiva dos movimentos sociais, ajudou a pacificar muitas áreas de conflitos no campo”, lembrou o deputado.

Finalizando, Francisco Limma agradeceu também à Alepi, que soube “analisar, discutir, propor sugestões e ajustes e aprovar uma lei que é referência para o nosso Estado”.