Exposição com artesanato e arqueologia da Serra da Capivara é aberta no Rio

0
154

Uma exposição inédita começou nessa terça-feira (3), no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro, no Rio de Janeiro, e ficará por três meses aberta ao público, demostrando um pouco do impressionante universo da arqueologia, revelando a beleza e o mistério da unidade de conservação arqueológica considerada patrimônio cultural da humanidade pela Unesco, que é a Serra da Capivara, no Piauí. O governador Wellington Dias e a vice-governadora Margarete Coelho prestigiaram a abertura da exposição “Serra da Capivara – Homem e Terra”, que tem a curadoria de Renato Imbroisi, designer de artesanato e tecelão.

Para Wellington, a exposição é uma oportunidade de despertar a atenção de quem não conhece essa joia preciosa que é Serra da Capivara aumentando o interesse de turistas e também de estudiosos do Brasil, e do mundo. “É um momento em que a Serra da Capivara é estudada, é olhada. A serra modifica a própria história da humanidade. Antes, a história contava que o homem havia chegado à América pelo Estreito de Bering, e hoje estudos coordenados pela arqueóloga Niede Guidon comprovam que a presença mais antiga do homem nas Américas é nessa região de São Raimundo Nonato. Isso muda profundamente a história. Sendo essa exposição um momento grande, muito significativo, em que vamos ter mais pessoas conhecendo sobre a Serra da Capivara e despertando o interesse de ir lá conhecer”, comemora Dias.

A exposição é uma parceria entre o Sebrae, Governo do Estado, Iphan e Fumdham, na qual reúne peças de cerâmica produzidas por 32 mestres ceramistas, além de raras obras pré-históricas do acervo do Museu do Homem Americano, no Piauí, e por meio tecnológicos os visitantes podem conhecer, por projeção, imagens do local onde estão instalados 1.200 sítios arqueológicos e também interagir em uma mesa digital, simulando a escavação de um sítio arqueológico na busca de vestígios dos primeiros homens que viveram no continente americano. A exposição é dividida em Sala da Arqueologia, Sala Inscrições Rupestres, Sala Mestres Ceramistas e Sala Oficina.

Margarete Coelho disse que o sentimento é de alegria e gratidão em ver a Serra da Capivara sendo mostrada para o Brasil e para o mundo, no Rio de Janeiro. “Eu sempre tive o sonho de ver a Serra da Capivara sendo mostrada para o Brasil e para o mundo. Para mim, hoje é a parte da realização de um sonho. Estamos muito bem representados, lindamente, condignamente com o trabalho das pessoas que estão aqui. As pessoas vieram para ver e se emocionar”, disse vice-governadora.

O governador enfatizou que o estado está se organizando para receber as novas demandas de visitantes e que recentemente teve uma reunião com a direção da CVC e o senador Ciro Nogueira, para tratarem de estratégias para a região como um destino turístico. “Nós temos um excelente equipamento que é o aeroporto de São Raimundo Nonato, museu e parques estruturados, a cerâmica, a cultura dos vaqueiros e dos sertanejos, uma excelente gastronomia, a maior e mais completa biblioteca pré-histórica do planeta. Temos um grande potencial turístico, tanto para o turismo de aventura, quanto para o turismo cientifico”, disse Wellington Dias.

.

Autoria: Tamyres Rebeca

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here