Henrique Pires quer destravar R$ 1,4 milhão para município do Piauí

0
27

O secretário nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades, Henrique Pires, participou de reunião nesta semana na Fundação Nacional de Saúde (Funasa), no intuito de viabilizar a dotação de recursos necessária para a finalização do Projeto de Recuperação das Lagoas de Tratamento de São Raimundo Nonato. A ação intermediada pelo Governo Federal beneficiará cerca de 35 mil pessoas, oferecendo condições plenas de saneamento aos moradores; tal indicativo contempla a preocupação da União em dar celeridade a obras primordiais para o avanço social das comunidades.

O encontro contou com a presença do superintendente da Funasa no Piauí, Gilberto Pereira; e do secretário estadual de Defesa Civil, Hélio Isaías. Como encaminhamento ficou o compromisso da gestão municipal realizar as adequações necessárias no projeto para que São Raimundo Nonato seja contemplado com a liberação de mais recursos. Ao todo, há a estimativa de que R$ 1,4 milhão sejam investidos na conclusão das intervenções nas Lagoas de Tratamento. “São Raimundo Nonato é uma cidade turística, é uma cidade importante da região Sul do Piauí e tem uma população em torno de 35 mil pessoas, e precisa não só ser ampliado o esgotamento sanitário, mas também fazer a correção desses pontos que estão apresentando pequenos problemas, o nosso querido secretário Henrique Pires, e o superintendente Gilberto se prontificaram e a Prefeitura apresentará uma proposta à Funasa e esperamos ser contemplados no próximo ano”, frisou Hélio Isaías.

O diálogo entre a União e o Governo do Estado foi enaltecido pelo secretário nacional Henrique Pires, que destacou o empenho do presidente Michel Temer em beneficiar os municípios com programas de saneamento. Nisso, Pires sintetizou que tem buscado destravar projetos importantes para os piauienses, almejando melhorias significativas na qualidade de vida em cada região do Estado. “Nós estamos pleiteando novos recursos para os municípios piauienses. A questão do esgotamento sanitário é muito importante, já que impacta diretamente na qualidade de vida dos cidadãos. É isso que estamos discutindo e estamos lutando a cada dia”, afirmou.

Investimentos do PAC chegam a R$ 4,9 milhões

Em meio a urgência na universalização dos serviços de esgotamento e abastecimento, o Governo Federal projeta investimentos na ordem de R$ 4,9 milhões em São Raimundo Nonato para intervenções no setor. As ações englobam a ampliação das ligações de esgotamento sanitário no município e estão na fase de execução, fazendo parte da cartilha de empreendimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “Quanto a questão de São Raimundo Nonato, nós viemos tratar aqui com o superintendente Gilberto da Funasa e o secretário Henrique Pires a respeito da questão das Lagoas de Recuperação da questão do esgotamento sanitário de São Raimundo Nonato, o município foi contemplado tanto no PAC I como no PAC II com duas etapas executadas, compreendendo quase 60% do município, com a questão do esgotamento sanitário”, indicou o secretário estadual de Defesa Civil, Hélio Isaías.

Diante desse apontamento, Henrique Pires, que lidera a pasta de Saneamento Ambiental no Ministério das Cidades, indicou que investimentos no esgotamento beneficiam todos os setores, atraindo, inclusive, o desenvolvimento. “Vamos continuar trabalhando em prol do desenvolvimento do Piauí, viabilizando sempre o diálogo e partindo para a ação. O nosso foco é em melhorar a vida do piauiense, desde a capital até os municípios mais longínquos”, indicou.

.

Com informações do Piauí Hoje

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here